Simulação Numérica da Corrosão Acelerada pelo Escoamento em Tubulações"

Nome: Cecilia Mageski Madeira Santos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 18/12/2012
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcio Ferreira Martins Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Fábio Alfaia da Cunha Examinador Externo
FLAVIO JOSE DA SILVA Examinador Interno
Marcelo Camargo Severo de Macêdo Coorientador
Marcio Ferreira Martins Orientador

Resumo: O impacto de partículas em paredes internas de componentes de fluxo, tais como tubos, conexões, válvulas e bombas resultam no aumento da corrosão devido à contínua remoção dos "protetores de corrosão", assim como devido à erosão do material base constituinte destes componentes, especialmente nas partes em que é projetado o fluxo. O comportamento hidrodinâmico no escoamento de fluidos corrosivos é um fenômeno importante para diversas aplicações das indústrias. Nesse caso, o fator limitante é a presença de oxigênio dissolvido na solução e a transferência de oxigênio para a superfície sobre efeitos de corrosão. A Dinâmica dos Fluidos Computacional (CFD) pode ser usada para calcular a difusão do oxigênio no fluxo e sua transferência para a superfície reagente. O presente trabalho apresenta os resultados de simulações via CFD para o comportamento hidrodinâmico de um fluido em uma contração, bem como a difusão do oxigênio no fluxo e a transferência de oxigênio para a superfície de modo a estimar a perda de massa da superfície, utilizando dois modelos de escoamento turbulento (Modelo RNG k- e SST k-) em uma geometria com contração-expansão. As simulações, em seguida, foram validadas utilizando trabalhos experimentais presentes na literatura.

Palavras-chave: corrosão, erosão, turbulência, escoamento, CFD.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910